Registo | Contactos

Menção honrosa nas 6ª Olimpíadas Internacionais de Astronomia e Astrofísica

15 Ago 2012 - 21h23 - 3.600 caracteres

A equipa portuguesa que competiu na 6ª Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA) regressa a Portugal com uma menção honrosa obtida pelo estudante Matheus Marreiros.

As IOAA 2012 decorreram de 4 a 14 de agosto, no Rio de Janeiro (Brasil). Participaram na competição 160 estudantes do ensino secundário de 32 países. Portugal esteve representado por dois estudantes: Mariana Paiva, da Escola Secundária da Ribeira Grande (Ribeira Grande) e Matheus Marreiros, da Escola Secundária Eça de Queirós (Lisboa).

Na avaliação de Cristina Fernandes, líder da equipa portuguesa, e acompanhante dos estudantes às IOAA, a obtenção desta menção honrosa tem “muito mérito tendo em conta que o Matheus estudou complemente sozinho e que a prova, a meu ver, era bastante difícil.

Os estudantes competiram em diversas provas que incluíram testes teóricos, testes práticos e provas de observação astronómica. O vencedor absoluto das IOAA 2012 foi um estudante da Lituânia.

André Moitinho de Almeida, presidente da direção da Sociedade Portuguesa de Astronomia (SPA), afirma, “Este é apenas o segundo ano em que uma equipa Portuguesa participa nas IOAA e já se começou a alcançar um lugar de destaque. Por ser uma atividade tão recente para a SPA, aliás a própria SPA é uma sociedade jovem, a infraestrutura e apoios com que contamos para as Olimpíadas são ainda reduzidos. Daí termos podido levar apenas dois participantes e não os cinco que levam a maioria dos países participantes. Grande parte do mérito é, claro, dos estudantes. Mas não se pode deixar de dar ênfase ao papel dos professores do ensino secundário que têm vindo a apoiar e acompanhar os estudantes - não apenas estes finalistas - nas provas Nacionais.

Joana Ascenso, vogal da direcção da SPA e responsável pelas Olimpíadas de Astronomia afirma: "Este excelente resultado apenas na segunda edição das IOAA em que os nossos alunos participam é notável, e ilustra o genuíno interesse pela ciência que mais de uma centena de alunos portugueses por ano demonstra ao participar nas provas regionais e nacionais. Ao contrário de provas semelhantes em disciplinas diferentes, a Astronomia ainda não tem um programa de treino específico, o que acrescenta ainda mais valor à boa prestação da equipa portuguesa e ao inestimável apoio dos pais e professores. Parabéns Matheus e Mariana!"

A participação de Portugal na 6ª IOAA contou com o apoio da Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica sendo que a participação da estudante Mariana Paiva foi patrocinada pela Fundação para o Desenvolvimento Sócio-Profissional e Cultural da Ribeira Grande (São Miguel, Açores).

As IOAA realizam-se desde 2007. Trata-se de uma competição internacional de alto nível para os estudantes do ensino secundário, que promove o ensino e os conhecimentos de Astronomia e Astrofísica. Portugal participa nas IOAA desde 2011, ano em que a prova foi realizada em Katowice e em Krákov, na Polónia, e Portugal foi representado por Carolina Duarte. Em 2013, a competição será realizada na Grécia.

A Sociedade Portuguesa de Astronomia (SPA) organiza anualmente as Olimpíadas de Astronomia e participação portuguesa nas IOAA. Em 2012 as Olimpíadas de Astronomia contaram com o apoio do Observatório Astronómico de Santana (OASA), da Fundação para o Desenvolvimento Sócio-Profissional e Cultural da Ribeira Grande, daSecretaria Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos (Açores), do Governo doa Açores, da SATA e daFundação Calouste Gulbenkian.

 

Informações adicionais:

Cristina Fernandes, líder da equipa portuguesa, acompanhou os estudantes nas IOAA em representação da SPA e é investigadora do Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa (CAAUL).

 

Sociedade Portuguesa de Astronomia

 

Ciência na Imprensa Regional – Ciência Viva


© 2012 - Ciência na Imprensa Regional / Ciência Viva


António Piedade

António Piedade é Bioquímico e Comunicador de Ciência. Publicou mais 500 artigos e crónicas de divulgação científica na imprensa portuguesa e 20 artigos em revistas científicas internacionais. É autor de sete livros de divulgação de ciência: "Íris Científica" (Mar da Palavra, 2005 - Plano Nacional de Leitura),"Caminhos de Ciência" com prefácio de Carlos Fiolhais (Imprensa Universidade de Coimbra, 2011), "Silêncio Prodigioso" (Ed. autor, 2012), "Íris Científica 2" (Ed. autor, 2014), "Diálogos com Ciência" (Ed. autor, 2015) prefaciado por Carlos Fiolhais, "Íris Científica 3" (Ed. autor, 2016), "Íris Científica 4" (Ed. autor, 2017).


Veja outros artigos deste/a autor/a.
Escreva ao autor deste texto

Ficheiros para download Jornais que já efectuaram download deste artigo