Registo | Contactos

A Evidência da Evolução – Porque é que Darwin Tinha Razão

07 Abr 2013 - 19h55 - 3.000 caracteres

Numa era em que as pseudociências e o criacionismo se enraízam na superficialidade tornada de fácil consumo pelas novas tecnologias da informação, e em que esta informação tem evolução acelerada, importa ter acesso a bons livros que nos possam dar guarida para pormos os pés (a consciência e o pensamento) em terrenos firmes, férteis sobre um dado assunto, sem perder a criatividade, fortalecendo assim o direito à liberdade de expressão, bem como ao livre pensamento. Mas com a responsabilidade que define a própria liberdade. E o assunto da própria evolução da vida merece a nossa maior atenção, principalmente porque há excesso de má informação a circular sobre esta matéria. Matéria esta que é de importância central para o bom funcionamento das nossas actividades, do nosso relacionamento com a vida do e no planeta Terra.  

Neste contexto enquadra-se o excelente livro «A Evidência da Evolução – Porque é que Darwin Tinha Razão», de Jerry A. Coyne, recentemente editado pela Tinta-da-china. Este livro, cujo original foi publicado em 2009, foi traduzido por Paula Almeida e teve revisão científica de Martin P. Melo do CIBIO (Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos). Jerry A. Coyne é professor no Departamento de Ecologia e Evolução da Universidade de Chicago (EUA) e um activo e excelente divulgador de ciência em geral, e da evolução em particular, para o grande público (ver http://whyevolutionistrue.wordpress.com/).

A leitura desta obra intercisciplinar recomenda-se a todos, pois para além de ser de agradável leitura, consegue tornar compreensíveis os conceitos envolvidos na evolução das espécies, fornecendo inúmeros e esclarecedores exemplos e factos actualizados sobre esta realidade.

Ao longo de nove capítulos (1 - o que é a evolução; 2 – Escrito nas rochas; 3 – Resíduos: vestígios, embriões e organismos mal concebidos; 4 – A geografia da vida; 5 – O motor da Evolução; 6 – De que forma o sexo acelera a evolução; 7 – A origem das espécies; 8 – Então e nós?; 9 – A evolução revisitada) de notas oportunas e de um glossário útil para refrescar a memória, o leitor é confrontado com uma escrita alimentada por raciocínios lúcidos e rigorosos sobre milhões de anos de evolução da própria vida neste planeta.

A actualidade e robustez dos argumentos expressa-se não só nos mais recentes registos fósseis encontrados, mas também nos novos dados e confirmações que a genética moderna tem fornecido. A moderna biologia celular e molecular tem permitido confirmar a teoria da selecção natural de Darwin, e também entender o motor da evolução. O autor explica-nos, com simplicidade e rigor, os mecanismos genéticos subjacentes à evolução das coisas vivas. E também a nossa própria evolução.

Um excelente livro para compreendermos melhor a importância da biodiversidade e a nossa relação com a vida no único planeta de que temos conhecimento em que ela evoluiu.  

Não posso deixar de replicar aqui a opinião doprestigiado biólogo Richard Dawkins sobre este livro: «Quem não acredita na evolução ou é estupido, ou é louco, ou não leu Jerry Coyne.»

 

António Piedade

Ciência na Imprensa Regional – Ciência Viva

 

Dados Bibliográficos

Título: A Evidência da Evolução – Porque é que Darwin Tinha Razão

Autor: Jerry A. Coyne

Editora: Tinta-da-china

Tema: Ciência
Tradução: Paula Almeida
Co-edição: CIBIO | Serralves
Adaptação: Martim P. Melo
1.ª edição: Outubro de 2012
N.º de páginas: 376
Tipo de capa: Capa mole
Formato: 14x21 cm
ISBN: 9789896711337


© 2013 - Ciência na Imprensa Regional / Ciência Viva


António Piedade

António Piedade é Bioquímico e Comunicador de Ciência. Publicou mais 500 artigos e crónicas de divulgação científica na imprensa portuguesa e 20 artigos em revistas científicas internacionais. É autor de seis livros de divulgação de ciência: "Íris Científica" (Mar da Palavra, 2005 - Plano Nacional de Leitura),"Caminhos de Ciência" com prefácio de Carlos Fiolhais (Imprensa Universidade de Coimbra, 2011), "Silêncio Prodigioso" (Ed. autor, 2012), "Íris Científica 2" (Ed. autor, 2014), "Diálogos com Ciência" (Ed. autor, 2015) prefaciado por Carlos Fiolhais, "Íris Científica 3" (Ed. autor, 2016).


Veja outros artigos deste/a autor/a.
Escreva ao autor deste texto

Ficheiros para download Jornais que já efectuaram download deste artigo