Registo | Contactos

Físico da Universidade do Minho distinguido pela Royal Society

22 Set 2014 - 12h00 - 1.833 caracteres
Género: Notícias. Áreas: Física
Por: António Piedade

O físico português Aires Ferreira, da Universidade do Minho (UM), foi distinguido como "research fellow" pela Royal Society de Londres, a sociedade científica mais antiga do mundo.

As “university research fellowships” da Royal Society, da qual fez parte Isaac Newton, têm uma duração de cinco a oito anos e são atribuídas a cientistas em início de carreira com potencial para se tornarem líderes nas suas áreas.

O físico português de 32 anos, do Centro de Física da Universidade do Minho, mostrou-se "muito honrado" por ser aceite entre os jovens cientistas em todo o planeta, num processo de candidatura muito competitivo, segundo comunicado da UM.

Para Aires Ferreira, “esta é uma oportunidade única para desenvolver um grupo de investigação em física quântica teórica num dos locais mais competitivos do mundo”.

O projeto apresentado pelo físico consiste em realizar cálculos teóricos para entender como o grafeno poderá ser usado numa nova forma de eletrónica revolucionária. Aires Ferreira está a estudar mais precisamente uma forma de grafeno alterado quimicamente, de modo a que uma propriedade microscópica dos eletrões, denominada por spin, possa ser controlada.

O grafeno foi descoberto em 2004 pelos russos Andre Gheim e Kostya Novoselov, que foram reconhecidos com o Nobel da Física 2010. Esta substância de alta qualidade é muito forte, leve, quase transparente, excelente condutor de calor e eletricidade. É o material mais forte conhecido e consiste numa folha plana de átomos de carbono densamente compactados numa grade de duas dimensões.

 


© 2014 - Ciência na Imprensa Regional / Ciência Viva


António Piedade

António Piedade é Bioquímico e Comunicador de Ciência. Publicou mais 500 artigos e crónicas de divulgação científica na imprensa portuguesa e 20 artigos em revistas científicas internacionais. É autor de sete livros de divulgação de ciência: "Íris Científica" (Mar da Palavra, 2005 - Plano Nacional de Leitura),"Caminhos de Ciência" com prefácio de Carlos Fiolhais (Imprensa Universidade de Coimbra, 2011), "Silêncio Prodigioso" (Ed. autor, 2012), "Íris Científica 2" (Ed. autor, 2014), "Diálogos com Ciência" (Ed. autor, 2015) prefaciado por Carlos Fiolhais, "Íris Científica 3" (Ed. autor, 2016), "Íris Científica 4" (Ed. autor, 2017).


Veja outros artigos deste/a autor/a.
Escreva ao autor deste texto

Ficheiros para download Jornais que já efectuaram download deste artigo