Registo | Contactos

Aprender Saúde entre as Plantas e os Medicamentos

03 Jun 2013 - 12h29 - 1.597 caracteres

Alertas à População Polimedicada é o enfoque da campanha do Observatório de Interações Planta-Medicamento (OIPM/FFUC - http://www.ff.uc.pt/oipm/home/) “Aprender Saúde entre as Plantas e os Medicamentos”.

Vários fatores contribuem para a polimedicação e para os acidentes causados por interações quer entre os medicamentos quer planta ou alimento e medicamento. Os mais relevantes são a presença de várias doenças, o que é mais frequente no doente idoso. Um factor de risco importante é a auto-medicação, em que à prescrição médica se associam os medicamentos de venda livre e ainda, muitas vezes, se juntam produtos naturais de que se espera também uma acção terapêutica.

Os medicamentos para a hipertensão, a patologia articular, hipercolesterolémia, perturbações do sono e doença cardiovascular são os mais frequentes nesta polimendicação. O individuo idoso toma em média 7 medicamentos por dia e a polimedicação aumenta o risco de doença iatrogénica (reações adversas à medicação), e estima-se que o risco de reações adversas seja de 6% quando dois medicamentos são administrados simultaneamente.

Um fator de grande preocupação na auto-medicação é o facto de que em média 70 % das pessoas que tomam medicamentos ditos naturais não dizem ao médico que os estão a tomar. É de entendimento comum que o que é natural não faz mal, e não só não dizem ao médico, como ignoram que o “chá” que tomam diariamente pode ter interferências diretas com o medicamento prescrito pelo seu médico.

 

António Piedade (através do Observatório de Interações Planta-Medicamento )

Ciência na Imprensa Regional – Ciência Viva


© 2013 - Ciência na Imprensa Regional / Ciência Viva


António Piedade

António Piedade é Bioquímico e Comunicador de Ciência. Publicou mais 500 artigos e crónicas de divulgação científica na imprensa portuguesa e 20 artigos em revistas científicas internacionais. É autor de sete livros de divulgação de ciência: "Íris Científica" (Mar da Palavra, 2005 - Plano Nacional de Leitura),"Caminhos de Ciência" com prefácio de Carlos Fiolhais (Imprensa Universidade de Coimbra, 2011), "Silêncio Prodigioso" (Ed. autor, 2012), "Íris Científica 2" (Ed. autor, 2014), "Diálogos com Ciência" (Ed. autor, 2015) prefaciado por Carlos Fiolhais, "Íris Científica 3" (Ed. autor, 2016), "Íris Científica 4" (Ed. autor, 2017).


Veja outros artigos deste/a autor/a.
Escreva ao autor deste texto

Ficheiros para download Jornais que já efectuaram download deste artigo